LuzazuL

Luzazul (VI)

desde o ventre da mãe gentil

ou mesmo desde recipiente outro

 

carregando medonhas esperanças ocas,

com bandeiras, pipoca, em piquenique

chegam juntos os multipagantes

e em alvoroço, mas sem nenhuma pressa,

se apresentam ao centro do picadeiro.

 

lá dentro, em campo, confrontos outros

e outras lutas, derrotas invisíveis,

seguem, sem cessar,

entre tantos louros e vitórias vãs,

 

como se nada daquilo se desse ali

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[imagem: detalhe de quadro da artista plástica Velci Olga Vieira, 1988]

 


Comente!