LuzazuL

LuzazuL (I)

 

 

 

desde eras e distâncias

vogam velas sobre as ondas

 

e sondam o sabor das águas

como espadas sem sentido

ou escamas sempre iguais.

 

sobre espumas, entre sombras,

como estátuas em movimento

 

como estáticas, tensas criaturas

 

que dançam lentas, desde antes

muito antes de antigamente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[imagem: detalhe de quadro da artista plástica Velci Olga Vieira, 1998]


Comente!